19 de abril de 2007

ABORTO: A ética é uma história nunca acabada


O Supremo Tribunal dos Estados Unidos abriu a caixa de pandora. Pela primeira vez desde o Roe v Wade reduz-se o facilitismo no aborto. Certamente a situação não é comparável com a portuguesa pois nos Estados Unidos o aborto é actualmente permitido nos limites do inaceitável ( 28 semanas). Aproximadamente 1,2 milhões de abortos são praticados anualmente nos Estados Unidos. Destes, 10% são feitos depois do terceiro mês de gravidez.

Mas a decisão é simbólica. O aborto, como todas as questões éticas, é uma discussão jamais encerrada.

Sem comentários: