6 de maio de 2007

Madeira


Dentro de algumas horas saberemos os resultados das regionais madeirenses. Como habitualmente, Jardim promete esmagar.

Outro resultado seria possível? Talvez não. Sendo certo que a estratégia do PS foi suicida ( relembro que foram expulsos mlitantes por ousarem por em causa os cortes orçamentais à Madeira) o próprio partido socialista nunca teve grande credibilidade na Madeira. Históricamente adversários das autonomias regionais, durante muitos anos só tiveram implantação relevante no Funchal. Eu pergunto-lhe caro amigo "continental" : Votaria neste PS regional que aceita cortes orçamentais à RAM?

Com isto não estou a defender Jardim. Consigo é perceber de que se alimenta o fenómeno. Jardim está, no imaginário madeirense, associado a 30 anos de desenvolvimento sem precedentes. Para os madeirenses com mais de 20 anos de idade isto é tão evidente que chega para desculpar as diatribes do cavalheiro, cujo ponto mais critico não é o "desbocamento" habitual mas a falta de espirito democrático. Na Madeira, sem cartão laranja, não se consegue nada.

As hípoteses de um voto de protesto, à esquerda e à direita, são várias.

Uma boa surpresa seria a perda da maioria absoluta por parte de Jardim. Venham lá esses resultados!!

Sem comentários: