2 de janeiro de 2008

Palhaçada


De facto, para um povo tão refractário no cumprimento da lei nada como o triste exemplo do super chefe da ASAE a (IN)cumprir a nova lei do tabaco. O pecadilho a malta até perdoa, o que é arrogante e injustificável são as desculpas esfarrapadas do cavalheiro. As remodelações costumam ser usadas nestes casos...

Sem comentários: