18 de janeiro de 2008

Reforma das Autarquias : Democracia em crise...


É dificil ficar indiferente. A aliança PS/PSD acaba de dar mais um passo para o rotativismo perene entre estes "falsos imimigos" com a reforma das autarquias locais, aprovada hoje na generalidade pelo parlamento.


Trata-se de uma reforma totalmente "iliberal", impondo indevidas "restrições à concorrência" entre os partidos, com o objectivo de cristalizar a quota dos partidos "monopolistas".


Em muitos concelhos termina a concorrência dos "terceiros partidos". Dá-se igualmente uma machadada nas efémeras candidaturas independentes aos executivos municipais (O monopólio assustou-se com as vitórias dos independentes nas últimas autárquicas e quer tirar-lhes força)


O cenário só não seria tão mau se as Assembleias Municipais tivessem mais poderes, representando efectivamente a vontade do colégio eleitoral concelhio, demitindo sem restrições ( de 1º mês como esta famigerada lei impõe...) os executivos quando corruptos e incompetentes. Não sendo assim reduz-se o leque de escolhas, perde a democracia.


É triste ver o triste espectáculo do PSD ( onde já fui militante): de partido inconformado e reformista tornou-se num albergue dos danados - o vedadeiro sindicato dos autarcas.


Veremos como sairá este vergonhoso diploma na "especialidade".

Sem comentários: