28 de abril de 2009

Critica militante

"Das várias coisas que tenho lido sobre o Condestável D. Nuno Álvares Pereira são de tal forma devocionistas, são panegíricos tão fáceis, são expressões de espiritualidade tão serôdia, que eu fico altamente escandalizado"
D. Januário Torgal Ferreira tornou-se uma espécie de "discordante de serviço" no episcopado português. Era assim tão importante dizer isto? No meio de tanto elogio talvez seja a forma de ter tempo de antena. E já agora o que fez estes anos todos, como capelão militar para lembrar a figura?

1 comentário:

Anónimo disse...

Gеnеrallу Ӏ ԁon't learn article on blogs, however I wish to say that this write-up very compelled me to take a look at and do it! Your writing taste has been amazed me. Thank you, quite great article.

my weblog: Mouse Click The Up Coming Website