22 de agosto de 2009

Marcar a Diferença

Já o disse e volto a repetir : O CIM marca uma subida de nível considerável nos conteudos e na forma de estar nas eleições autárquicas.
Não se trata de um auto-elogio narcisista mas de uma constatação de uma nova postura e consistência das propostas apresentadas.
Aqui não se vê demagogia ou abuso de propostas de terceiros ( como parece ser a estratégia do MRCCS-LP face ao pouco que a CMN fez em Canas).
As pessoas decidirão se é tempo de dar uma vassourada em muito boa gente que anda para ai.

Sem comentários: